O Programa Ciência sem Fronteiras e a França

As modalidades de bolsas do programa Ciência sem Fronteiras disponíveis na França são:
 
GRADUAÇÃO
 
Graduação sanduíche: programa de bolsas para intercâmbio com duração de 10 meses durante a graduação (que pode estender-se até 13 meses quando incluir curso de idiomas e/ou estágio), aberto aos estudantes que frequentam cursos que compõem uma das áreas prioritárias eleitas pelo Ciência sem Fronteiras;
CAPES-Brafitec: programa de cooperação entre determinadas instituições brasileiras e francesas que visa promover intercâmbios e duplo diploma durante a graduação em todas as especialidades da engenharia. O processo seletivo não é o mesmo da graduação sanduíche. 
CAPES-Brafagri: programa de cooperação entre determinadas instituições brasileiras e francesas que visa promover intercâmbio durante a graduação nas áreas de ciências agronômicas, agroalimentares e veterinária. O processo seletivo não é o mesmo da graduação sanduíche. 
 
DOUTORADO 
 
Doutorado sanduíche: programa de bolsa com duração de 3 a 12 meses para aprofundamento teórico, coleta e/ou tratamento de dados ou desenvolvimento parcial da parte experimental de sua tese a ser defendida no Brasil.
Doutorado pleno: programa de bolsa com duração de até 48 meses para a formação doutoral completa em instituições de reconhecido nível de excelência, em áreas do conhecimento consideradas de vanguarda científico- tecnológica e naquelas estratégicas definidas pelo Conselho Deliberativo do CNPq.
Pós-doutorado: programa de bolsa com duração de 6 a 12 meses, sendo permitida prorrogação, desde que não ultrapasse o tempo total de 24 (vinte e quatro) meses.
CAPES-COFECUB: programa de cooperação entre determinadas instituições francesas e brasileiras que visa o aperfeiçoamento de doutorandos e docentes brasileiros na França. A duração pode variar entre seis meses e um ano; 
CIFRE: Acordo entre CNPq e ANRT que possibilitou o financiamento de estudos doutorais por empresas na França. As candidaturas são analisadas ao longo do ano, sem um prazo específico de encerramento de inscrições.
 
ÁREAS PRIORITÁRIAS*
 
As áreas abrangidas pelo Programa Ciência sem Fronteiras são as ciências exatas, engenharia, meio ambiente, saúde e indústria criativa.
Engenharias e demais áreas tecnológicas;
Ciências Exatas e da Terra;
Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
Computação e Tecnologias da Informação;
Tecnologia Aeroespacial;
Fármacos;
Produção Agrícola Sustentável;
Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
Energias Renováveis;
Tecnologia Mineral;
Biotecnologia;
Nanotecnologia e Novos Materiais;
Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
Biodiversidade e Bioprospecção;
Ciências do Mar;
Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação);
Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;
Formação de Tecnólogos.
 
(* As informações foram retiradas do edital de 2013 do programa e estão sujeitas a alterações)